PORTUGAL
SARAJEVO

SARAJEVO

Sarajevo é a capital da Bósnia e Herzegovina, cidade visivelmente destruída pela guerra civil que apenas terminou em 1995. É uma das cidades mais incríveis dos balcãs pelo choque cultural, pela vida, pela diversidade e pela história que esta cidade possui. Chegar a Sarajevo e ver edifícios baleados pode ser um choque, mas os bósnios deixaram-nos assim propositadamente para que todo o mundo, e eles próprios, não se esqueçam que há pouco mais de 20 anos mataram pessoas por capricho. 

Sarajevo é andar pelas ruas e respirar cultura. Talvez pela falta de turismo, as pessoas são simpáticas, agradáveis e fazem com que os turistas não queiram ir embora. É uma cidade segura e relativamente barata. Para visitar Sarajevo, a melhor opção é voar diretamente para o Aeroporto Internacional Sarajevo (SJJ) e daí alugar um carro ou apanhar os transportes públicos para o centro da cidade. Não existem voos diretos de Portugal para Sarajevo e o preço médio ronda os 275€ ida e volta. De Sarajevo, facilmente se chega a outros destinos como Zagreb (Croácia), Liubliana (Eslovénia), Mostar e Banja Luka (Bósnia e Herzegovina) com um carro alugado pois existem autoestradas para estas cidades.

 

 

COMO SAIR DO AEROPORTO 

A opção mais cómoda para se deslocar para Sarajevo (e visitar os arredores) é alugar um carro. Existem várias agências de aluguer de carros com preços a partir de 20€ por dia. Se apanhar um táxi desde o aeroporto até ao centro da cidade, o valor ronda os 20KM (cerca de 10€) e a duração da viagem é de cerca de 15 minutos. Podem existir taxas adicionais de bagagem. Se tiver o budget mais limitado, a melhor opção será o autocarro para o centro da cidade que opera das 05h00 às 22h00 e tem um custo de 5KM (cerca de 3€) (só ida) ou 8KM (cerca de 4€) (ida e volta). Poderão ainda ser cobradas taxas adicionais para a bagagem. 

 

 

ATRAÇÕES TURÍSTICAS GRATUITAS

Bascarsija (Old Market) – Este mercado construído no século XV é sem dúvida a atração principal de Sarajevo. As suas ruas estreitas, com todas as lojas de produtos feitos à mão tornam este mercado um dos mais incríveis do mundo. Neste local, para além das lojas, podemos encontrar inúmeros restaurantes com comida típica e bares (com Shisha) onde não é permitido o álcool. Este bazar é totalmente fechado a veículos, o que torna a visita super agradável. Neste bazar podemos encontrar mesquitas e igrejas e pessoas de várias religiões em perfeita harmonia. Ainda nesta zona pode encontrar a Praça dos Pombos, pequena praça com centenas de pombos que vêm até si para ser alimentados, sem qualquer medo!

Old Sarajevo Clock Tower - É uma das torres mais altas da cidade e contém em si o único relógio no mundo que se guia pela posição da lua para nos indicar as horas. E utilizado para guiar o horários das orações dos fiéis da cidade.

Eternal Flame – É um memorial a todos as vítimas militares e civis da Segunda Guerra Mundial, em Sarajevo. Uma chama que nunca se apaga, bem no centro da cidade.

Yellow Fortress – É um forte construído entre 1727 e 1739. É um dos pontos mais altos da cidade e um dos locais mais movimentados ao final do dia na chamada “golden hour”. O local é de entrada gratuita, mas possui um bar onde se pode consumir algo enquanto se contempla a belíssima vista sobre a cidade. 

Abandoned Olympic Bobsleigh and Luge Track – Esta pista foi construída para os jogos olímpicos de inverno de 1984. Depois deste, a pista ficou ao abandono e foi utilizada como local estratégico para as tropas bósnias durante o Cerco de Sarajevo, cerco esse que deixou na pista visíveis marcas de guerra, como buracos de balas. A pista está praticamente intacta até aos dias de hoje, sendo um local obrigatório de passagem para quem visita Sarajevo. 

Igman Olympic Jumps – À semelhança da pista de Bobsleigh and Luge, este local foi construído para os jogos olímpicos de inverno de 1984 para a realização dos saltos de esqui. Este local também foi um campo de batalha durante o Cerco de Sarajevo mas ainda resiste o pódio e praticamente toda a infraestrutura necessária para a modalidade. 

 

Princip Bridge – é uma ponte histórica pois foi num dos extremos (devidamente assinalado com um memorial) que ocorreu o Assassinato de Sarajevo, evento este que deu início à Primeira Guerra Mundial. 

NÃO GRATUITAS MAS QUE VALEM A PENA

Avaz Twist Tower – É uma torre com 176m de altura com um terraço panorâmico e é considerado o melhor local para apreciar a vista sobre a cidade. Está aberto todos os dias das 07h às 23h e a entrada custa 4KM (cerca de 2€). 

Sarajevo Tunnel – Este museu, devidamente preservado, também chamado de Túnel da Esperança, explica o que foi o Cerco de Sarajevo entre 1992 e 1995. Parte do túnel colapsou com o tempo, mas ainda é possível ainda andar dentro do verdadeiro túnel (durante 20 metros) sendo que o túnel tinha na altura 960 metros de comprimento e 1,50 metros de largura. É um local de passagem obrigatória para quem pretende saber mais sobre este momento negro da história da cidade. Fica a sensivelmente 10km do centro da cidade e está aberto todos os dias das 09h às 16h e a entrada custa 14KM (aproximadamente 7€). 

 

 

ONDE DORMIR?

Ljubicica Hostel - Hostel no centro da cidade, com pontuação de 8.2 no Booking, com cama em dormitório a partir dos 7€/noite.

Hostel Scandic - A 800 metros do centro da cidade, este alojamento com pontuação de 9.3 no Booking, oferece quartos duplos com casa-de-banho partilhada por 13€/noite e 20€/noite por quarto duplo com casa-de-banho privada.

Hotel Vila Hayat (3 estrelas) – Este alojamento classificado com 9,5 no booking fica a 10 minutos a pé do mercado de Bascarsija, numa zona sossegada e tranquila. O proprietário do hotel é extremamente simpáticos e um apaixonado por futebol, o que se sobressai na decoração do hotel. Para quem estiver de carro, o hotel possui ainda parque privativo sem qualquer custo acrescido. O pequeno almoço é continental e bem composto, servido em estilo de buffet e o preço por noite ronda os 40€ por noite para 2 pessoas.

 

ONDE COMER?

Morica Han – Considerado um dos restaurantes mais antigos do mundo, tem um ambiente agradável e é um excelente local para provar os pratos tradicionais. Com preços a rondar os 20KM (cerca de 10€) por pessoa, é um dos restaurantes principais em Bascarsija. Nota: não é obrigatório, mas é natural dar gorjeta neste restaurante. 

Dulagin Dvor – Um restaurante típico situado numa rua estreita em Bascarsija. Comida bem confecionada e saborosa e consegue-se uma refeição completa por menos de 10€ por pessoa. 

Cevabdzinica Petica Ferhatovic – Este restaurante localizado numa das extremidades do mercado de Bascarsija, é um excelente local para quem quer provar Cevapi, um dos pratos tradicionais da Bósnia. Uma refeição completa neste local custa entre 15 a 20€ por pessoa. 

Zlatna Ribica (também conhecido como Goldfish) – É um bar localizado perto da Eternal Flame e que se caracteriza pela sua decoração única. É considerado um dos bares mais bonitos de Sarajevo e conta com um ambiente fora de série. É um espaço pequeno pelo que poderá haver filas de espera em horas mais movimentadas. Serve bebidas típicas e internacionais a preços ligeiramente superiores ao praticados em outros bares em Sarajevo. Embora mais caro, é uma paragem obrigatória para quem está na cidade. O horário de funcionamento é das 08h00 às 03h00 todos os dias, com exceção de Domingo, dia de encerramento semanal.

 

Dicas!

A moeda oficial da Bósnia é o Marko Bósno (KM) e 1€ = 2 KM atualmente. Apesar de a rede Multibanco já estar presente em vários estabelecimentos, muitos hotéis, restaurantes e bares só aceitam pagamento em dinheiro. Convém, por isso, ter sempre algum montante em dinheiro consigo e levar o REVOLUT para movimentar o seu dinheiro de forma mais económica.

É recomendada uma visita pelos elétricos da cidade. São bastante antigos pois foi em Sarajevo que surgiram os primeiros elétricos da forma como os conhecemos hoje. 

A rede Wi-Fi está amplamente difundida pelos vários estabelecimentos da cidade, incluído a “old town”. 

                                                                                                                    CONTRIBUTO DO VIAJANTE André Neves 

  • Instagram