MOSCOVO

MOSCOVO 

A capital da Rússia está repleta de imponentes monumentos, que apaixonam ao primeiro olhar! A comunicação em inglês pode ser um pouco complicada, o melhor será adquirir um cartão de internet e utilizar o google tradutor.

É uma cidade com bastante segurança, tanto no aeroporto como nas zonas mais turísticas, o que é bastante confortante.

 

COMO SAIR DO AEROPORTO?

Para chegar ao centro da cidade, se partir de Lisboa para Moscovo, tem voos diretos (duração de cerca de 6 horas) que rondam os 250€ (ida e volta). Para quem parte do Porto não tem opção de voos diretos, contudo, as escalas são curtas (duração total de cerca de 8 horas) e os valores rondam os 200€ (ida e volta). Existem várias companhias a voar para este destino, entre elas a Aeroflot, a KLM, a Lufthansa e a TAP. 

Se está a pensar visitar Moscovo, precisa de visto.

Para o obter é preciso ter: passaporte (há pelo menos 6 meses), seguro de viagem, formulário preenchido online https://visa.kdmid.ru/ (deve ser impresso e assinado) e uma fotografia tipo passe. Pode obter o visto no Consulado da Embaixada Russa (é preciso fazer marcação online). 


Pode escolher ir de táxi, autocarro ou comboio, sendo o comboio Aeroexpress a melhor opção.

Se aterrar no Aeroporto Sheremetievo, o comboio seguirá até à estação Belorussky e demorará cerca de 50 minutos. Para quem escolha o Aeroporto Vnukovo, chegará à estação Kievskiy em cerca de 40 minutos. Se optar pelo Aeroporto Domodedovo (o aeroporto mais distante do centro), o comboio leva-o até à estação Paveletsky em cerca de 50 minutos.

Os comboios funcionam das 05:35 às 00:35 e partem a cada 30 minutos. Qualquer uma das estações tem acesso ao metro, conseguindo deslocar-se facilmente pela cidade. Os bilhetes para o Aeroexpress custam 500 rublos. 

Se preferir o transporte mais económico, mas mais demorado e que o deixará mais distante do centro, pode optar por ir de autocarro. Desde o Aeroporto Domodedovo tem o autocarro número 308 que faz a ligação entre o aeroporto (saída 3) e a estação de metro de Domodedovskaya (150 rublos + extra de bagagem entre 60 a 90 rublos), que demora cerca de 55 minutos. No Aeroporto Sheremetievo tem a cada 20 minutos os autocarros 851 e 851E que seguem até à estação Rechnoi Vokzal e o autocarro 817 que circula até à estação Planernaya. Os bilhetes dos autocarros custam 55 rublos e ambos demoram cerca de 55 minutos. Se o seu aeroporto for o Vnukovo, poderá apanhar o autocarro 611, que circula das 05:00 às 01:00 e segue até à estação de Yugo-Zapadnaya, demorando cerca de 45 minutos. Tem ainda o autocarro 911, que demora cerca de 30 minutos e vai até Salaryevo. Ambos os bilhetes custam 55 rublos. 

O trânsito em Moscovo pode ser um pouco caótico e a ida de táxi pode demorar entre 1h30 a 2h, quando de comboio conseguiria chegar em metade do tempo. Além do tempo, não compensa também a nível de preços, uma vez que o custo acaba por depender da rota escolhida pelo motorista.

 

ATRAÇÕES TURÍSTICAS GRATUITAS

Praça Vermelha – Conhecida como o quilómetro 0 de Moscovo, este é o principal centro da cidade. É uma das maiores praças do mundo e a sua energia é contagiante! Num raio de 500 metros encontram-se os muros do Kremlin, o Museu de História do Estado, a Catedral de São Basílio, o Mausoléu de Lenin e o Centro Comercial GUM.

Catedral de Cristo Salvador – É um dos marcos da cidade e está localizada perto do rio. As suas cúpulas douradas são um dos pontos mais cativantes. Antes de entrar é preciso passar por um detetor de metais e não são permitidas fotografias no seu interior.

Catedral de Kazan – Esta igreja ortodoxa russa, localizada no canto nordeste da Praça Vermelha, é uma das primeiras atrações que se vê após a passagem pela entrada principal. O interior da igreja tem uma decoração muito rica, como a maioria das igrejas russas.

Mausoléu de Lenin – É no mausoléu que está guardado e exposto o corpo do líder Vladimir Lenin, tornando-se numa das visitas de maior impacto. É rigorosamente proibido tirar fotografias ou gravar vídeos no interior.

Centro Comercial GUM – O seu interior é tão maravilhoso quanto o seu exterior! O grande destaque terá de ser o seu telhado de vidro, com 14 metros de diâmetro. Este elegante edifício imperial é hoje um dos centros comerciais mais famosos do mundo. Quem o visita, não pode deixar de provar os conhecidos gelados vendidos nos quiosques deste centro comercial. À noite o GUM ganha outra vida, ficando totalmente iluminado!

Casa Branca - A Casa Branca (ou Câmara Branca) abriga atualmente a sede do governo russo, assim como o gabinete do primeiro-ministro. Poderá apreciar o seu exterior enquanto caminha junto ao rio ou através de um passeio de barco.

Parque Gorky – O Parque Gorky foi inaugurado em 1928 e desde então tem sido um dos grandes pontos de interesse da cidade. Este é o local perfeito para passear e descontrair! Além da sua belíssima entrada, encontrará fontes, esculturas, mesas de pingue-pongue, lagos e muito mais. No inverno é ainda instalada uma pista de gelo.

Mercado de Izmailovo – Uma paragem imperdível! Aqui localiza-se a feira mais famosa de Moscovo. Aproveite para comprar, a bons preços, os souvenirs (como as famosas matrioskas) desta aventura. O recinto está rodeado por muralhas que reproduzem o Kremlin e no seu interior encontra uma mistura de edifícios com toques asiáticos e russos. 

Parque VDNKh – Este enorme complexo com uma extensão de 235 hectares conta com museus, jardins, exposições, feiras artísticas e muito mais! Devido à extensão do VDNKH, é essencial ter um mapa durante a visita. Caso queira visitar algumas das exposições, são pagas.

Ponte Bolshoy Moskvoretsky – Construída entre 1936 e 1937, esta ponte em arco atravessa o rio de Moscovo. Desfrute de um passeio noturno nesta ponte, que fica iluminada, e tire as melhores fotografias panorâmicas da cidade!

Jardins de Alexandre - Estes jardins foram criados no início do século XIX para honrar a memória do Czar Alexandre I. Estendem-se ao longo das muralhas do Kremlin e têm diferentes espécies de árvores, arbustos e flores de diversas cores.

Ponte Flutuante – Sobre o rio, situada no Parque Zaryadye, esta ponte oferece uma ótima vista sobre a cidade! Trata-se de uma plataforma suspensa que percorre uma parte do parque e proporciona uma diferente perspetiva sobre a cidade. Tanto o parque como subir à ponte, são gratuitos. 

Não perca ainda a Rua Arbat, a Rua Nikolskava e a Rua Tverskaya.

 

NÃO GRATUITAS QUE VALEM A PENA

Kremlin – Esta é uma paragem obrigatória! Nesta que é uma das fortalezas mais conhecidas do mundo, o destaque vai para as catedrais no seu interior, que com as suas cúpulas douradas dominam a paisagem. O complexo serve como a residência oficial do Presidente da Rússia. A entrada para o Conjunto Arquitetónico da Praça das Catedrais custa 700 rublos, contudo, se quiser conhecer o Palácio do Arsenal tem o custo de 1000 rublos. Não pode deixar de ver também o grande Canhão do Tsar (considerado pelo Livro do Guinness o maior canhão do mundo) e o Sino do Czar.

 

Catedral de São Basílio – O grande ícone da cidade ergue-se na Praça Vermelha e foi construída por ordem do Czar Ivan, o Terrível (também conhecido como Ivan IV), entre 1555 e 1561. É impossível ficar indiferente às suas nove cúpulas de cores vibrantes! O interior é igualmente fascinante e merece a sua visita, sendo o custo da entrada de 700 rublos.

Museu de História do Estado Russo – Nas suas exposições verá desde relíquias pré-históricas das tribos que habitaram o território russo até obras de arte inestimáveis adquiridas por membros da dinastia Romanov. O bilhete de entrada custa 500 rublos.

Galeria Tretyakov – Dedica-se à preservação e divulgação da arte nacional da Rússia. Em 1832, nasceu Pavel Mikhailovich Tretyakov, o fundador da Galeria. O ano 1856 é considerado o ano da fundação da Galeria Tretyakov. O custo da entrada é de 500 rublos e para menores de 18 anos é gratuito.

Estações de metro – Leu corretamente! As estações de metro de Moscovo, repletas de arte, são um dos pontos turísticos deste destino. Entre as mais belas estações estão Teatralnaya, Ploshchad Revolyutsii e Arbatskaya. (Bilhete de metro – 55 rublos / ida e volta – 110 rublos; Bilhete de metro 3 dias – 438 rublos).

ONDE DORMIR

Apart-Hotel Naumov – Este alojamento tem uma média de preços desde 3522 Rublos ( 50€) por noite em quarto duplo e encontra-se na morada Ulitsa Sretenka 1, Meshchansky, 107045 Moscovo, Rússia.

Tverskaya Residence – Este alojamento tem uma média de preços desde 6339 Rublos ( 90€) por noite em quarto duplo e encontra-se na Tverskaya Street 9 building 5, Tverskoy, 125009 Moscovo, Rússia.
 

ONDE COMER

My.My - Esta é uma cadeia de restaurantes muito popular em Moscovo onde poderá almoçar ou jantar, a bom preço, pratos da gastronomia local. O buffet dispõe de variadíssimas opções e os valores para duas pessoas são cerca de 800 rublos. Um dos restaurantes fica bastante centralizado no Centro Comercial Okhotny Ryad, junto à Praça Vermelha.

Morada: Manege Sq, 1, стр. 2, Moscow, Rússia, 125009 (Horário: 08:00-23:00)

 

Brothers Tretyakovs – Além do restaurante ser bastante convidativo, a comida típica que o restaurante Brothers Tretyakovs serve é simplesmente deliciosa! Pode desfrutar de uma refeição por cerca de 1500 rublos para duas pessoas.

Morada: Lavrushinsky Ln, 10, стр. 1, Moscow, Rússia, 119017 (Horário: 10:00-23:00)

 

Stolovaya 57 – Localizado dentro do Centro Comercial GUM, este restaurante original com referências ao regime soviético, oferece um estilo self-service a preços acessíveis entre os 800 e os 1000 rublos para duas pessoas.

Morada: ГУМ, Red Square, 3, Moscow, Rússia, 109012 (Horário: 10:00-22:00)

                                                                                                                   CONTRIBUTO DE WONDERLOST, roteiros de viagem

  • Instagram