PORTUGAL
LEIDEN

LEIDEN

Leiden é uma cidade do sul dos Países Baixos com cerca de 120.000 residentes. Está mergulhada numa vasta história, tendo sido um palco importante na guerra contra o império espanhol. Anualmente, no dia 3 de outubro, celebra-se o fim do domínio espanhol na cidade.

Como os próprios habitantes descrevem, é uma cidade de descobertas, tranquila e cheia de recantos. Possui a universidade mais antiga dos Países Baixos e uma vasta escolha de museus, entre eles, o estúdio onde Rembrandt, famoso pintor holandês, passou a sua juventude a aprender a pintar, arte que o levou a ser conhecido como um dos maiores nomes da história da arte europeia.

COMO SAIR DO AEROPORTO

A melhor forma de chegar a Leiden é através de Amesterdão, visto que o aeroporto Schiphol é o que se encontra mais perto. Do aeroporto de Amesterdão até à estação central de Leiden demora cerca de 15 a 20 minutos. O preço do bilhete é 6,30€ + 1€ da impressão do cartão (total de 7,30€), se adquirir online não tem a cobrança de 1€ da impressão. O autocarro demora mais tempo e é mais caro, não sendo, por isso, a opção mais recomendável. O preço do táxi do aeroporto de Amesterdão até ao centro de Leiden é de aproximadamente 50€.

ATRAÇÕES TURÍSTICAS GRATUITAS

De Burcht – É um dos poucos exemplos de um castelo nos Países Baixos. É um lugar imprescindível numa visita a Leiden. Após subir os vários degraus, uma bela vista da cidade estará à sua espera.

Rembrandt Lokkal – Local onde Rembrandt passou a juventude a aprender a pintar. Funciona agora como mini museu onde é apresentado um “video mapping” de 7 minutos a contar a história dessa juventude. Possui ainda uma loja de souvenirs onde é possível adquirir vários tipos de lembranças. A entrada é gratuita, contudo doações são bem-vindas.

Van der Werfpark – Parque construído no local onde se deu a explosão de um barco com pólvora no ano de 1807. Excelente local para passar uma tarde com amigos/família durante os dias mais quentes.

Haarlemmerstraat – Rua mais movimentada da cidade, onde se localizam grande parte dos negócios locais e que se enche, especialmente aos fins de semana, com os habitantes da cidade e com artistas de rua. Vale a pena a visita!

 

 

NÃO GRATUITAS QUE VALEM A PENA

The Pieterskerk – Igreja mais antiga da cidade. No seu interior, possui ainda um café e um Escape Room. Durante o ano, vários eventos são realizados neste local.

 Horário: Das 11h às 18h.

 Preços: Para maiores de 12 anos, o preço é de 4€.

Molenmuseum de Valk – Um verdadeiro ícone da cidade! Este moinho, ainda em funcionamento, converteu-se em museu e oferece vistas fantásticas sobre a cidade a quem subir até à galeria superior. 

Horário: Terça a Sábado das 10h às 17h e Domingo das 13h às 17h. Encerra às Segundas. Encerrado nos dias 13 de Fevereiro, 2 e 3 de Outubro, 25 de Dezembro e 1 de Janeiro.

 Preços: Adultos a 5€; 0-5 é grátis; 6-15 fica a 2.50€.

Hortus Botanicus – Jardim botânico mais antigo dos Países Baixos. Local ideal para relaxar enquanto se observam as mais diversas espécies de plantas.

Horário: 1 de novembro até 31 de março, das 10h às 16h (exceto segunda – encerrado); 1 de abril até 31 de outubro, das 10h às 16h. Encerra no dia 3 de Outubro e dos dias 23 de Dezembro a 2 de Janeiro. 

Preços: Até 4 anos é grátis;dos  4-12anos é 3.50€; e para Estudantes universitários fica a 2.50€; Maiores de 12 anos a 8€.

Rijksmuseum Boerhaave – Quais foram as descobertas científicas mais importantes da história dos Países Baixos? Tudo para descobrir neste fascinante museu. 

Horário: Terça a Domingo das 10h às 17h. Encerra às Segundas. Encerrado também nos dias 1 de Janeiro, 27 de Abril, 3 de Outubro e 25 de Dezembro. 

Preços: 0-3 é Grátis; dos 4-17anos a 5.50€; Adultos fica a  13€ e para  Estudantes é grátis.

Museum De Lakenhal – Museu das artes e ofícios e da história de Leiden. 

Horário: Terça a Domingo das 10h às 17. Encerra às Segundas. Encerrado também nos dias 1 de Janeiro, 27 de Abril, 3 de Outubro a partir das 13h e 25 de Dezembro. 

Preços: Adultos a 12.50€; Menores de 18 anos é  grátis.

Naturalis Biodiversity Center – Neste museu, miúdos e graúdos podem aventurar-se a descobrir o fascinante mundo natural e a biodiversidade nele existente. Excelente opção para famílias.

Horário: Todos os dias das 10h às 17h. Encerra nos dias 27 de Abril, 3 de Outubro e 25 de Dezembro.

Preços: Maiores de 4 anos fica a 16€ e para Estudantes a 11€.

CORPUS Museum – Imersiva experiência 5D que explora o corpo humano. Excelente opção para famílias com crianças já maiores, visto que a idade mínima permitida é 6 anos. A visita a este museu é feita por grupos e em horários pré-definidos. Recomenda-se, então, a marcação prévia via online e a chegada ao museu 20 minutos antes da hora marcada.

Horário: Terça a Domingo, sendo que a primeira entrada acontece às 9h30 e a última às 17h. O museu está aberto até duas horas e meia após a entrada do último grupo. Encerra às Segundas.

Preços: Adultos ficaa 19,75€ ou 18,25€ (online); dos 6-14anos a  17,25€ ou 15,75 (online).

Japanmuseum SieboldHuis – Tesouros coletados pelo físico Philipp Franz von Siebold, que morava na casa onde hoje se situa o museu. Existem também exposições temporárias relacionadas com temática japonesa.

Horário: Terça a Domingo das 10h às 17h. Encerra às Segundas. Encerrado também nos dias 1 de Janeiro, 27 de Abril, 3 de Outubro e 25 de Dezembro. 

Preços: Adultos a 8.50€; dos 13-17anos a  6,50€; para Estudantes fica a 5€ e  Menores de 13 anos é grátis.

Rijksmuseum van Oudheden – Museu de descoberta de tesouros arqueológicos e das culturas do antigo Egito, antigas Grécia e Roma e dos primeiros holandeses. Oportunidade para visitar um templo egípcio real!

Horário: Terça a Domingo das 10h às 17h. Encerra às Segundas (exceto férias escolares). Encerra também nos dias 1 de Janeiro, 27 de Abril, 3 de Outubro e 25 de Dezembro. 

Preços: Adultos fica a 12.50€; dos 5-17 anos a 4€; 0-4 é grátis; para Estudantes fica a 6€. Estes valores já incluem um Áudio Tour.

 

ONDE DORMIR?

Ibis Leiden Centre – Hotel também localizado perto da estação de comboios e do centro da cidade. Uma noite, para 2 pessoas, tem um preço médio de 115€.

Boutique Hotel Steenhof Suites – Este hotel único, datado do século XV, localiza-se num edifício listado no Registo de Edifícios Históricos, um dos mais antigos edifícios monumentais de Leiden. O preço ronda os 140€ por noite para 2 pessoas.

Golden Tulip Leiden Center – Hotel localizado perto da estação de comboios e do centro da cidade. Possui certificação ambiente, atribuída pela Green Key. O preço ronda os 135€ por noite para 2 pessoas.

 

ONDE COMER?

 

Annie’s – Excelente local para uma refeição ou aperitivo com amigos. Desde a simpatia dos funcionários à diversidade de opções para escolher, este bar localizado num dos canais da cidade promete não defraudar as expectativas de que o frequenta. Possui menus de almoço a rondar os 15€ e as bebidas têm preços a começar nos 3€. Horário: Domingos, Segundas, Terças e Quartas das 11h00 às 00h00, Quintas e Sextas das 11h00 às 02h00 e Sábados das 10h00 às 02h00.

 

Restaurant Rubens – Restaurante de inspiração na cozinha francesa, pertencente ao Hotel Golden Tulip Leiden Center, apresenta, diariamente, apenas produtos frescos com uma boa carta de vinhos a acompanhar. O preço médio é de 28€ por pessoa. Horário: Segunda a Sexta das 07h00 às 21h30, Sábados das 07h30 às 21h30 e Domingos ao pequeno-almoço das 07h30 às 11h30. O bar do restaurante encontra-se aberto até às 01h00.

Stadscafé van der Werff – Dos melhores locais para sentir o ambiente da cidade de Leiden. É considerado uma micro versão da cidade, agradável e acessível. Possui uma esplanada e música ao vivo nas tardes de Domingo. Apresentada uma carta de bebidas diversificadas e uma carta de comidas igualmente diversa com refeições que vão desde as sanduíches, às saladas, aos pratos quentes. O preço médio por pessoa ronda os 15/20€. Horário: Segundas e Terças das 09h00 às 00h00; Quartas e Quintas das 09h00 às 01h00; Sextas e Sábados das 09h00 às 02h00 e Domingos das 10h00 às 00h00.

 

                                                                                                                                   CONTRIBUTO DO VIAJANTE Diogo Neves

  • Instagram