PORTUGAL
BUDAPESTE

BUDAPESTE


As principais companhias low cost que voam para Budapeste são a Ryanair e a Wizzair. Se partir de Lisboa tem voos diretos (cerca de 3h45 de voo) que rondam os valores (ida e volta) de 100€ e para quem parte do Porto (média de 3h30 de voo) os valores rondam os 80€ (ida e volta).
 

COMO SAIR DO AEROPORTO

Para ir do aeroporto ao centro da cidade, poderá optar por autocarro, comboio ou táxi.

A opção mais barata para chegar ao centro é de autocarro. O autocarro 100E segue até à estação de metro Deák Ferenc tér e custa 900 HUF. Existem partidas a cada 30 minutos e a viagem demora aproximadamente 35 minutos.

Se quiser apanhar o autocarro 200E, seguirá até à estação de metro Köbánya-Kispest (a primeira paragem da linha 3 - azul). O autocarro demora mais ou menos 25 minutos e custa 350 HUF.

O comboio é outra opção, mas não tão prática, uma vez que a estação está um pouco longe do terminal 2 e é necessário apanhar o autocarro 200E para chegar à estação. O comboio demora cerca de 25 minutos para chegar ao centro (estação Budapest-Nyugati). Funciona todos os dias, das 09:00 às 22:00 e custa 310 HUF.

O preço do táxi depende da zona de Budapeste para onde deseja ir. Há 4 zonas e o preço varia entre 4000HUF e 6500HUF. Antes de entrar no táxi, deverá referir o seu destino numa das cabines que existem no exterior do aeroporto para verificar o custo. Fazendo o caminho contrário, de Budapeste até o aeroporto de táxi, pagará o que marcar o taxímetro, já que não há tarifas fixas nesse trajeto.


ATRAÇÕES TURÍSTICAS GRATUITAS

Castelo de Buda – Um dos pontos mais conhecidos de Budapeste. Passear pelos jardins e arredores é grátis, já os museus têm entrada paga. Os museus estão abertos de terça a domingo, das 10:00 às 18:00.


Praça dos Heróis – Esta é uma das mais famosas e movimentadas praças da cidade. As suas estátuas homenageiam os líderes das sete tribos fundadoras da Hungria.


Bastião dos Pescadores – Este miradouro está situado na colina de Buda, aqui pode contemplar Peste em todo o seu esplendor. A não perder!


Ponte Széchenyi – Também conhecida como “Ponte das Correntes”, é a ponte mais antiga de Budapeste e a mais conhecida de todo o rio Danúbio.


Parque da Cidade – Este é o principal lugar de lazer dos habitantes de Budapeste. É também intitulado de “Parque Városliget”. Dentro do parque encontrará o Zoo, um pequeno parque de diversões, as Termas de Széchenyi e o Castelo Vajdahunyad.


Mercado Central – É um dos maiores mercados da cidade. Inaugurado no século XIX, sofreu graves danos durante a Segunda Guerra Mundial, tendo sido declarado em ruína em 1991. Três anos mais tarde foi restaurado e é hoje um local bastante significativo da cidade. Aqui pode conhecer um pouco da cultura de Budapeste, comprar souvenirs e provar pratos típicos. Encerra ao domingo.

 

Igreja Rupestre – Totalmente diferente das igrejas a que estamos habituados, esta igreja assemelha-se a uma caverna, tendo sido escavada no Monte Gellert. É um local cheio de encanto mesmo sem a riqueza dos adornos comuns nas igrejas.

 

Memorial Sapatos à beira do Danúbio – Erguido em 2005, foi criado para homenagear os judeus mortos durante a Segunda Guerra Mundial. Localizado no lado Peste, representa os sapatos por eles deixados para trás na margem após serem baleados à beira do rio.


Ilha Margarida – Encontra-se entre Buda e Peste. Trata-se de um grande parque que oferece zonas de lazer e relaxamento. Devido à sua vasta extensão, pode conhecê-la através de comboio turístico (o preço é de 800 HUF por pessoa e é necessário esperar até que haja viajantes suficientes), alugando uma bicicleta (1 hora custa cerca de 990 HUF, 2 horas cerca de 1100 HUF e todo o dia cerca de 2800 HUF) ou alugando um carro elétrico (o típico carro de golfe custa cerca de 4900 HUF por hora e tem 4 lugares).

 

NÃO GRATUITAS QUE VALEM A PENA

Termas de Széchenyi – Paragem imperdível para quem visita Budapeste! Funcionam todos os dias, das 06:00 às 22:00. O bilhete com cacifo custa 6200 HUF e durante o fim de semana custa 6500 HUF. As piscinas mais impressionantes são as que estão no exterior, podendo a temperatura da água atingir os 38°C.

 

Parlamento de Budapeste – Construído entre 1884 e 1902, é provavelmente o postal de Budapeste, principalmente quando se ilumina pela noite. Além disso, é um dos maiores parlamentos do mundo. Para adultos pertencentes à UE, o custo do bilhete é de 3500 HUF (não pertencentes à UE pagam 6700 HUF) e menores de 18 anos pertencentes à UE pagam 1900 HUF (não pertencentes à UE pagam 3500 HUF).

 

Basílica de São Estevão - É o maior edifício religioso da Hungria. Dizem que a basílica pode abrigar em seu interior mais de 8.500 pessoas. É possível subir e apreciar a impressionante vista sobre a cidade, tanto de elevador como de escada o preço é de 500 HUF.

 

Igreja de Matias - Construída entre os séculos XIII e XV, é a igreja católica mais famosa de Budapeste. Atualmente o seu estilo predominante é o neogótico. A entrada custa 1800 HUF, sendo que maiores de 60 anos e estudantes pagam apenas 1200 HUF.

 

Ópera de Budapeste – Mesmo que não seja adepto/a, vale a sua visita nem que seja para apreciar o exterior deste edifício neorrenascentista. A visita guiada custa 2500 HUF.

 

Holocaust Memorial Center – O Centro Memorial do Holocausto de Budapeste recorda mais de meio milhão de judeus húngaros ou deportados da Hungria que foram assassinados pelos nazis. O bilhete custa 1400 HUF. Cidadãos da União Europeia entre os 62 e os 70 anos pagam 700 HUF. Encerra à segunda-feira.

 

ONDE DORMIR

Hotel City Swing – Este alojamento tem uma média de preços de 13495HUF ( 40€) por noite, em quarto duplo e encontra-se na morada Budapest, Ferenc krt. 19-21, 1094 Hungria.

Andrassy Thai Hotel – Este alojamento tem uma média de preços de 21930HUF ( 65€) por noite, em quarto duplo e encontra-se na morada Budapest, Andrássy út 4, 1061 Hungria.

 


ONDE COMER

Drum Cafe Budapest – Um local agradável onde pode ter uma refeição para duas pessoas por cerca 4500 HUF. Aproveite para provar a famosa sopa Goulash.

Morada: Budapest, Dob u. 2, 1072 Hungria (Horário: 09:00-23:45)

 

Tóth Kocsma - Desfrute de uma boa refeição por cerca de 3000 HUF (por pessoa) e experimente alguns pratos típicos deste destino!

Morada: Budapest, Falk Miksa u. 17, 1055 Hungria (Horário: 14:00-00:00; Encerra aos Domingos)


Menza - Este restaurante com decoração moderna, boa comida e capaz de misturar o clássico com as novidades, é uma boa opção para almoçar ou jantar em Budapeste. Os preços são económicos e rondam os 4000 HUF a 6000 HUF para duas pessoas.

Morada: Budapest, Liszt Ferenc tér 2, 1061 Hungria (Horário: 11:00-00:00)

                                                                                             CONTRIBUTO DE WONDERLOST, roteiros de viagem

Captura de ecrã 2020-02-24, às 17.23.49.
  • Instagram